Home Office: é possível manter a segurança dos dados trabalhando de casa? 

Como orientar colaboradores sobre a importância do tema e se atentar para as medidas preventivas 

Com o avanço das tecnologias, o home office tem se tornado cada vez mais recorrente dentro das empresas. No entanto, desde março de 2020, com o início da pandemia que perdura até hoje, esse modelo de trabalho se expandiu consideravelmente. Mas como ficam as questões de segurança no home office? Debater temas como esse em tempos de teletrabalho é de extrema relevância para garantir a proteção das informações. 

Embora trabalhar de casa traga uma série de benefícios, como a liberdade e a flexibilidade durante o expediente, por exemplo, o risco de problemas de segurança que acontecem por estarmos fora da rede corporativa (geralmente mais protegida) é alto. Por isso, trouxemos aqui algumas orientações sobre cuidados importantes que devem ser estabelecidos e seguidos por todos os colaboradores da sua companhia. 

  1. Utilize softwares de criptografia nos dispositivos móveis 

É muito provável que a sua empresa forneça notebooks e celulares da corporação, por exemplo. Por isso, é importante certificar-se de que os dados sejam sempre criptografados. Vale destacar que muitos dispositivos atualmente já possuem criptografia automática - mas, ainda assim, é necessário orientar os funcionários para que ela esteja sempre ativa e configurada. 

  1. Tenha formas de controlar o acesso ao sistema da empresa 

É importante que a sua empresa utilize as VPNs (Redes Privadas Virtuais). São elas que permitem que os colaboradores possam acessar de forma protegida e mais segura as informações sigilosas da organização, como por exemplo e-mails ou arquivos. Essas VPNs também são relevantes para autenticar os usuários e dispositivos e criptografar os dados que estão sendo movimentados durante o período de trabalho. 

  1. Lembre-se que a comunicação é pela-chave 

Por mais seguros que sejam os sistemas, muitas vezes, a própria rede de Wi-fi que o usuário usa, por exemplo, pode ser invadida. Por isso, investir em tempo e treinamento para melhorar a comunicação dos colaboradores quando algo de errado acontecer pode ser crucial para a resolução de problemas maiores. Oriente seus funcionários a avisar sempre que um problema ou invasão forem identificados, e reflita sobre a criação de possíveis manuais sobre o que pode ser feito em cada tipo de situação. Por exemplo: “O que fazer se o meu computador for infectado por um vírus?” ou “Como posso me logar de forma segura em determinada ferramenta?”. Tudo isso diminui as chances de um ataque acontecer. 

Antes de trabalhar de casa, lembre-se sempre de manter os dados e informações da empresa seguros. A responsabilidade é grande, mas é possível se prevenir de problemas maiores se houver a orientação adequada! 

Precisando de suporte para entender o que pode ser feito pelo seu negócio? Entre em contato conosco!