Segurança da informação: 10 dicas para proteger seus dados

A segurança da informação tem se tornado cada vez mais essencial nas empresas, devido ao grande número de ciberataques que ocorrem e causam prejuízos diariamente para os negócios.

Manter a segurança dos dados, das redes corporativas e dispositivos, é essencial para manter o funcionamento das atividades de qualquer organização.

Assim, é extremamente necessário que as organizações possuam estratégias de segurança para manter a integridade do ambiente, bem como para a mitigação de riscos de possíveis ataques digitais, assim como de falhas humanas e desastres tecnológicos.

Nesse sentido, é essencial que a organização como um todo, tanto os colaboradores quanto os sócios, tenham os conhecimentos e treinamentos necessários sobre segurança da informação, garantindo assim a continuidade dos negócios.

Isso porque, por mais que a empresa adote todas as medidas de segurança necessárias, se não houver a colaboração dos diretores, sócios e todos os demais funcionários, todo o plano de segurança pode ir por água abaixo, já que qualquer falha que ocorrer, ainda que seja mínima, poderá abrir uma brecha para vulnerabilidades.

Por isso, para que haja eficácia do plano de segurança, é fundamental que as empresas alertem e informem seus usuários, pois serão eles que validarão as possíveis ameaças diariamente.

Listamos abaixo algumas dicas básicas para aumentar a segurança de seus dados em um mundo de crescente uso da tecnologia digital:

1.Utilização de cofres de senhas:

Armazene de forma segura seus nomes de usuário, senhas e informações sensíveis. O gerenciador criptografa o conteúdo do cofre e protege com uma senha mestra que só você saberá.

2.Ativação do duplo fator em suas contas:

A autenticação de senhas em dois fatores reduz o risco de que suas contas online, suas redes sociais e seus serviços bancários sejam atacados por cibercriminosos.

3.Manutenção e atualização permanente do sistema operacional de seus equipamentos atualizados:

A grande vantagem de manter os softwares atualizados, são as correções de bugs e outras falhas, maior estabilidade, menor consumo de internet, maior velocidade no processamento de dados e informações, bem como o aumento na proteção contra as ameaças digitais que surgem diariamente, cada vez mais potentes e devastadoras.

4.Mantenha seu programa de antivírus atualizado:

A atualização do antivírus é fundamental para garantir uma proteção de longo prazo. Afinal, novas ameaças são desenvolvidas a cada dia e, os bancos de dados desatualizados tornam os equipamentos vulneráveis.

5.Jamais utilizar redes wifi públicas:

Os mesmos recursos que tornam os pontos de acesso de Wi-Fi gratuito convenientes para o público em geral, também são atraentes para os cibercriminosos, pois não há necessidade de autenticação para estabelecer uma conexão de rede. Isso cria uma ótima oportunidade para que qualquer um possa obter acesso ilimitado a dispositivos desprotegidos na mesma rede.

6.Cuidados com os cartões de crédito:

Jamais forneça os dados de seus cartões de crédito a sites ou em compras desconhecidas, evitando assim que não seja clonado ou roubado. Monitore sempre as suas compras, observando as identificações que virão em sua fatura para o reconhecimento do débito.

7.Cuidado com mensagens que oferecem prêmios e cartões virtuais:

Na maioria das vezes, o que aparenta ser bom demais, normalmente é uma tática para aplicação de um ciberataque. Muitas mensagens podem conter conteúdos e arquivos perigosos, sendo comum o recebimento de mensagens duvidosas com frases do tipo “Você acabou de ganhar o prêmio ou produto X, clique aqui e veja como resgatar seu prêmio”. Referidas propostas geralmente direcionam a vítima para uma página ou arquivo malicioso, motivo pelo qual é importante jamais ceder à tentação de acessá-las.

8.Acesso ao internet Banking:

Sempre que for acessar o site de seu banco, observe se está em um ambiente seguro (endereço com HTTPs e desenho de um cadeado na barra superior do navegador), caso contrário, desconecte-se imediatamente.

9.Bloqueie o seu computador ao sair da sua mesa de trabalho:

Sempre que precisar se afastar de seu computador no trabalho, seja para fazer uma pausa ou até mesmo se dirigir a sala ao lado, efetue o bloqueio de sua tela (atalho tecla Windows + tecla L), visando que ninguém acesse indevidamente o seu computador, bem como evitando um vazamento de dados.

10.Não compartilhe nem abra links suspeitos. Confira sempre a fonte das notícias:

Sempre pesquise e confirme a fonte de links e informações antes de acessar e compartilhar. Muitas vezes, correntes de promoções, notícias e mensagens têm links ou arquivos maliciosos, por isso é importante redobrar a atenção antes de acessar ou compartilhar, evitando que você e seus contatos sejam prejudicados.

Observe sempre essas dicas simples, para ter uma navegação mais segura e evitar problemas.